O número de empreendedores que registram seu CNPJ MEI cresce de forma exponencial, visto que a regularização gera inúmeros benefícios, além de tirar o empreendedor da informalidade. Entretanto, ainda existe a preocupação sobre o que será “perdido” ao abrir um CNPJ MEI. Por isso, vamos sanar essas possíveis dúvidas. Confira o texto.

O Microempreendedor individual é um profissional que trabalha por conta própria e que decidiu se regulamentar e o MEI é um dos maiores programas do governo para a ampliação do empreendedorismo. Afinal, quais benefícios eu perco me regularizando?

Benefícios que posso perder com CNPJMEI

Benefícios que posso perder com CNPJMEI

Aposentadoria por invalidez:
O recebimento dessa aposentadoria é baseado na incapacidade para o trabalho. Desta forma, ao abrir o MEI, comprova-se a recuperação do beneficiário, com o mesmo não podendo mais receber a aposentadoria por invalidez.

Auxílio-doença:
A lógica aplicada para o auxílio-doença é a mesma da aposentadoria por invalidez. Ao abrir o MEI, o trabalhador poderá comprovar sua recuperação, não podendo mais receber o benefício.

Seguro desemprego:
Neste caso, quando o trabalhador possui um MEI, a Receita Federal entende que ele possui uma fonte de renda. Portanto, se o MEI trabalhar como CLT e for demitido, perde o direito ao benefício.

PROUNI. FIES e Auxílio Brasil:
Todos os três benefícios seguem a mesma lógica, com o empreendedor não perdendo o direito ao recebimento e usufruição dos mesmos automaticamente. Ocorrerá uma análise e, caso a renda familiar ultrapasse o limite estabelecido após a abertura do MEI, o benefício poderá ser cancelado.

Em contrapartida, existem também outros benefícios que se adquire ao abrir um MEI, para isso, acesse o site e solicite nossos serviços que iremos te auxiliar na decisão.

Você também pode se interessar por esse artigo: MEI Precisa de Contador?

Quer abrir seu CNPJ MEI? Visite nosso site e faça a abertura do seu MEI em 24h. Com a Contajá é rápido, fácil e seguro.